Arquivo da categoria: Desabafo

A rocha

Ela era uma rocha. Segura, forte, resistente, mas ainda assim, uma rocha. Fechava-se em si, rolava-se ladeira abaixo à espera de um Sísifo para levá-la ao topo novamente. Afundava e rodopiava nas ondas sem respirar. Sem tentar chegar de volta … Continuar lendo

Publicado em Desabafo | Marcado com , , | Deixe um comentário

Gosto

Gosto da sensibilidade rara, o olhar cauteloso e o toque suave da compreensão. Gosto das metáforas, do conteúdo robusto e das palavras modestas, porém elegantes. Gosto das crônicas vivas, das poesias pequenas, das rimas sem ostentação. Gosto de caminhar o … Continuar lendo

Publicado em Desabafo | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

O medo, o tempo e as minhocas

Sabe quando o medo toma conta da gente? Algumas pessoas são impulsionadas, this is Sparta god damn!, outras se petrificam, paralisam. Sou do time da segunda opção. O tempo corre mais devagar e quando piscamos já acabou. Nossos pensamentos demoram … Continuar lendo

Publicado em crônica, Desabafo | Marcado com , , , | Deixe um comentário