Vácuo

Ando triste com meu silêncio. Não tenho arrependimentos, mas receio do que está por vir. Minha ansiedade tem tantos altos e baixos que nem montanha russa poderia equiparar.

Quando me fecho, peço para que não me perrurbem, mas o silêncio alheio me incomoda. É como se eu fosse responsável pela dor alheia. Ah se as pessoas pensassem assim de mim também. Mas não pensam…

O silêncio é uma armadura forte demais para se quebrar. Compreendo a minha e tento compreender o alheio. Gostaria de mais palavras…palavras sempre expurgam maus espíritos.

Anúncios

Sobre Andreza

Jornalista, tradutora, escritora, sonhadora, dona de casa sem uma casa, irmã caçula e péssima em encontrar uma harmonia com teclados de configurações diferentes. Gosta de ler em demasia, mas a miopia não ajuda. Gosta de escrever com moderação, as palavras precisam ser digeridas.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s