Ontem à noite

No toque dos seus lábios, eu me encanto
No cheiro do seu pescoço, eu me desfaço
No gosto da sua boca, eu me espanto
No brilho dos seus olhos, eu me refaço

Mar de pele, afagos
Mar de olhos, espelho
Mar de gostos, seus beijos

Amanhã, quem se importa?
Outra vez, mais uma vez, pra sempre

Anúncios

Sobre Andreza

Jornalista, tradutora, escritora, sonhadora, dona de casa sem uma casa, irmã caçula e péssima em encontrar uma harmonia com teclados de configurações diferentes. Gosta de ler em demasia, mas a miopia não ajuda. Gosta de escrever com moderação, as palavras precisam ser digeridas.
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s