Vênus

Os dois discutem, reagem, lutam em suas frentes de batalha. É guerra. E como toda guerra, é injusto o passar do tempo. Descontrolado, ele lança a mão ao vento e num bofetão orquestrado põe-se na razão da fúria sem pensar duas vezes. Ela não reage. O tempo para. O mundo gira. Está amanhecendo. Paralisado, ele a vê pálida sob a cinza lua, seus cabelos balançando ao vento, seu semblante cru refletindo as cores da noite na rua central, cores quentes e frias diluindo o vermelho das faces. Sob as luzes das boates, ela muda de cor. Muda a cor da pele, dos cabelos e dos olhos. Ela é só rosto. Todos em um.

Não se sabe se ela ri, chora ou luta. Sabe-se que ela muda a cor como um camaleão ferido. O momento que gostaria de esquecer, seu erro, sua injúria. Ela, estática, imóvel, absolutamente pura no meio de todo o resto da humanidade. Ele a ama, de fato, por sentir que o bofetão doeu mais na alma dele do que na dela. Por saber que sem ela seu mundo seria daltônico-manco e que nada apagaria da face dela o rubor do tapa que ele proferira. Nem o tempo, nem a vida.

Por fim, no interminável nascer do dia, ele descobre que ela ganhou a guerra sem desperdiçar nenhuma munição. Ela é, por si só, uma deusa que suporta o erro do homem, mas jamais o esquecerá. É dela o amor ou o ódio e é ao redor dela que o mundo gira.

Anúncios

Sobre Andreza

Jornalista, tradutora, escritora, sonhadora, dona de casa sem uma casa, irmã caçula e péssima em encontrar uma harmonia com teclados de configurações diferentes. Gosta de ler em demasia, mas a miopia não ajuda. Gosta de escrever com moderação, as palavras precisam ser digeridas.
Esse post foi publicado em crônica e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s