Dia do escritor

Hoje é dia do escritor. Poucos louvores foram ditos sobre esses indivíduos. Os que louvaram, também o são. Eis a dor e a delícia de usar palavras como ferramentas para expressão.

Somos livres e ao mesmo tempo escravos. Livres em pensamento, escravos de emoções.

Criamos nossas próprias formas de materializar uma ideia e virtualizar a realidade.

Cada paixão embutida em uma palavra ou frase pode impactar centenas ou milhares de pessoas, mas cabe ao escritor o pesar de senti-la antes que todo mundo.

A técnica pode vir a servir como cabresto, mas é o tato do autor que dá nuances do que deverá ser sentido e compreendido pelo leitor. Nem mesmo a nobre gramática pode ter controle total do que as palavras resultarão. Esse é o grande mistério por trás do poeta-escritor.

Quero deixar meus parabéns aos escritores, homens e mulheres que dedicaram seu tempo, energia e alma para dividir seus conhecimentos, seus amores e parte significativa de suas vidas para compartilhar palavras.

=]

Anúncios

Sobre Andreza

Jornalista, tradutora, escritora, sonhadora, dona de casa sem uma casa, irmã caçula e péssima em encontrar uma harmonia com teclados de configurações diferentes. Gosta de ler em demasia, mas a miopia não ajuda. Gosta de escrever com moderação, as palavras precisam ser digeridas.
Esse post foi publicado em Desabafo e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s